12 de agosto de 2017

O MEDO DE SEGUIR À DEUS

Em algum momento da sua vida, você já pensou que não poderia seguir os caminhos de Deus porque teria que deixar de fazer alguma coisa? Ou já percebeu alguém pensando assim? "Nunca vou poder viver uma vida com Deus porque não quero parar de beber" "Nunca vou conseguir porque não quero largar minhas baladas" "Não quero porque não vou mudar minha relação com meu namorado".


Hoje o post vai ser um pouco diferente e pretendo ser breve. Quero tratar esse assunto porque vejo que é algo muito comum de se ver. 

Há uns meses atrás meu avô falou para meu pai que sabia que ele não queria seguir à Deus por ter que abandonar a bebida, e meu pai confirmou. Ele não tem coragem de entregar sua vida à Deus por medo de ter que parar de beber. Fiquei pensando muito nessa situação.

Muitos pregam uma "imagem" de Deus como se Ele fosse mal. Como se você tivesse que seguir uma vida certa para não ser castigado. Se você vê Deus como alguém que vai te castigar por não fazer tal coisa, agora é hora de mudar. 

Você gosta de se sentir amado? Todos gostam. Deus te ama. Quantas vezes você já ouviu isso? Já parou pra pensar nessa frase? Deus te ama tanto que quer te trazer para perto dEle. Quer te proteger, trazer conforto ao teu coração. 

Se você se permitir sentir esse amor, sua vida vai mudar completamente. Você não vai pensar no que Deus pode te dar, você não vai pensar no que Ele vai fazer se você pecar. Você vai simplesmente amá-lo tanto que vai querer conhecê-lo mais e mais. Isso vai partir de você! Não precisa pensar que se quiser seguir os caminhos dEle vai ter que abandonar alguma coisa que faz. Pare de pensar nisso e simplesmente ore, busque de todo o seu coração e sinceridade, e você mesmo vai amá-lo tanto a ponto de não querer vê-lo decepcionado com você.  

Deus não vai te julgar. Comece lendo o livro de Marcos e veja se Jesus julgou alguém. Veja se Ele apontou os erros de alguém. Você não vai ver Ele julgando uma pessoa sequer, pelo contrário, vai ver Ele dando a mão às pessoas, acolhendo e demonstrando todo seu amor. 

Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 8:38-39


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao comentar, não serão permitidos:
-Xingamentos, ofensas;
-Críticas "não" construtivas ;
-Palavrões ou qualquer tipo de palavra inapropriada.
O blog Eduarda Santana agradece.